if (class_exists('CSSDropDownMenu')) { $myMenu = new CSSDropDownMenu(); /* Extra options here, like so: $myMenu->orientation="top"; */ $myMenu->show(); } ?>
splash
Bem Vindo

Ao portal de informações sobre Honestino Guimarães.
Idealizado por Luiz Carlos Monteiro Guimarães.
Responsáveis: Betty Almeida e Katia Aguiar.
Agradecimentos a: Maria Rosa Leite Monteiro (em memória)
Norton Monteiro Guimarães (em memória)
Sebastião Lopes Neto
Ivonette Santiago de Almeida
Salvador Coaracy
 

Mandado de Segurança Popular

Depois as farsas dos julgamentos – a intimidação do público, a impossibilidade de participação da imprensa, as pressões sem número aos advogados (quantos não foram presos e perseguidos). Enfim, bem semelhante aos tribunais nazistas que tantos protestos têm causado aos responsáveis pelo seu arremedo em nosso país.

Num destes processos pela participação nas lutas estudantis de 1968 – onde as decisões eram tomadas coletivamente, em assembléias democráticas, em eleições com voto obrigatório pelo próprio regimento da Universidade, fui condenado, em 1970, a vários anos de prisão. Ou seja, mais um erro de direito. Julgar fatos de uma conjuntura passada com critérios senão o do ódio cego.

Daí porque não me “entregar”. Não reconheço nem posso reconhecer como “justiça” o grau de distorção a que se chegou nesse terreno. A justiça a que recorro é a consciência democrática de nosso povo e dos povos de todo o mundo.

– PERSPECTIVA

Tenho vivido estes anos por um ideal que vem se mantendo aceso, creio, jamais se apagará – a luta pela causa do povo.

A perseguição dos exploradores não me intimida. Recebo-a como uma evidência de que é justo o caminho que trilho. Não quereria receber deles algo que fosse complacência mas é uma situação injusta.

Página: 1 2 3 4 5