if (class_exists('CSSDropDownMenu')) { $myMenu = new CSSDropDownMenu(); /* Extra options here, like so: $myMenu->orientation="top"; */ $myMenu->show(); } ?>
splash
Bem Vindo

Ao portal de informações sobre Honestino Guimarães.
Idealizado por Luiz Carlos Monteiro Guimarães.
Responsáveis: Betty Almeida e Katia Aguiar.
Agradecimentos a: Maria Rosa Leite Monteiro (em memória)
Norton Monteiro Guimarães (em memória)
Sebastião Lopes Neto
Ivonette Santiago de Almeida
Salvador Coaracy
 

Contato

Entre em contato conosco por meio do formulário abaixo para tirar dúvidas ou deixar sua sugestão.

Betty Almeida

Cara Nea, o objetivo do site é divulgar a história, para que os que a viveram não esqueçam e para que os mais jovens fiquem sabendo. Transmiti sua mensagem ao Luiz. Grande abraço.

nea ramos

Cara Betty,a procura de uma pessoa querida Luiz Carlos, encontrei sua página, fico feliz de existir pessoas como você que não permite que esta parte da história não seja esquecida.Na época morava na 405 norte, bem perto do prédio deles, vi o querido Norton ser preso e era apavorante, por não saber se iria voltar. Tenho consciência que nossos jovens vivem a margem dessa parte da história é uma pena, não conhecem nossos mártir.Belo trabalho um abraço. Se possível gostaria de ter e-mail ou outra forma de entrar em contato com Luiz.

Betty Almeida

Prezada Regina,

Esse e outros vídeos não estão no site por razões técnicas. O vídeo da Maria Coeli foi exibido no evento comemorativo dos 65 anos do nascimento de Honestino Guimarães, realizado na UnB no último dia 28 de março. Desde 2006 estou trabalhando na biografia de Honestino, intitulada provisoriamente Paixão de Honestino , que relata os antecedentes familiares, a militância estudantil e política de Honestino até seu desaparecimento forçado em 1973. Caso você queira contribuir com depoimento, informações e documentos, isso seria enormemente apreciado.

regina bittencourt

Uma pena vocês não postaram o Vídeo do Honestino dirigido por Maria Coeli e produzido por mim fomos pioneiras e sofremos muito na época feitura do vídeo como toda equipe e foi dai que serviu para Isaura conseguir seus direitos na Comissão de Anistia como prova e outros trabalhos vieram como referência deste trabalho de pesquisa e conversar com pessoas ligadas a nossa época e muitos tiveram medo e disse não.Mas ganhamos o premio dos 30 anos da UNB. Mas uma iniciativa só tenho que reconhecer e parabenizar sucesso

Fernando David Gomes Jardim

Tenho o livro “Desaparecidos Políticos” editado por Fernando Mendes Neto e organizado por Reinaldo Cabral e Ronaldo Lapa.Através dele conheci um pouquinho da trajetória de Honestino Guimarães. Toda iniciativa para resgatar a história dos mártires da ditadura são bem vindas. Nesse momento em que a nação clama por justiça e punição para aqueles que torturaram e fizeram desaparecer os opositores do regime, é importante que se divulgue cada vez mais os nomes dos que caíram em busca de seus ideais.
Não conheço a publicação sobre a vida de Honestino. Gostaria de saber mais a respeito. Abraços
Fernado David Gomes Jardim – Belo Horizonte

Betty Almeida

Caro Aylê,

Ficamos muito contentes em receber sua mensagem e saber que o site serviu para você relembrar momentos dessa história que você ajudou a construir. Obrigada por visitar o site.

Betty

aylê-Salassiè

Puxa!
Nem me lembrava mais do “Boletim da Feub”. Vejam que a ediçao era a 57a.Era semanal. Peguei uma “cana” de quase 30 dias por causa dele. Aliás, o Honestino estava junto. Foi um grande amigo, e suas atitudes e estratégias de luta norteavam minhas atividades políticas naquele momento. Aliás, cheguei a ser seu porta-voz na Feub. Parabéns ao Luiz Carlos e à d. Maria Rosa, a quem Honestino adorava, por manter viva a presença do Honestino entre nós. Abraços a todos que ainda estao por aqui. Aylê-Salassiè

Betty Almeida

Obrigada pelas palavras que nos servem de estímulo. Manter viva a memória de Honestino é continuar a luta que lhe foi tão cara e pela qual ele deu sua vida.
Saudações.

Antonio Carlos Nunes de Carvalho

Prezados,

Primeiramente, parabens pelo trabalho, imagino o esforço e dedicação para concretização do site.
Sempre admirei os brasileiros que lutaram contra a ditadura, especialmente os que perderam a vida pelo ideal Brasil, dentre todos destaco Honestino, pois tive o privilegio de nascer em Itaberai/GO, terra desse Grande Brasileiro, e tambem alguns fatos, como por exemplo meu pai ter sido companheiro de trabalho, na Crush, do Sr. Monteiro, pai de Honestino, ate o fatidico acidente perto do SIA/DF. Aguardo ansioso a publicação do livro – não consegui obter o primeiro escrito por Da. Rosa -, pois vou presentear itaberinos e outros amigos, será uma singela contribuição, de forma a manter viva a memoria de Honestino Guimarães. Grato!

Marco Lisboa

Parabéns pela iniciativa. Fui diretor da UNE, na gestão Honestino, eleita em 71. Estou à disposição para dar meu depoimento sobre este grande combatente do povo brasileiro. Moro atualmente em BH.
PS Conheço e posso fornecer o e-mail e ou o endereço de outros diretores. Eram 11, com o Honestino. Ele era o presidente.

Betty Almeida

Fernando,

O livro está em preparação e tem o título provisório de Paixão de Honestino.

Abraços fraternos,

Betty Almeida

Fernando Mendes

Sou Editor do primeiro livro sobre Desaparecidos Politicos no Brasil, o DESAPARECIDOS POLITICOS, prisões Sequestros e assassinatos, de Reinaldo Cabral e Ronaldo Lapa, Edições Opção e CBA-RJ. Fico muito feliz de saber deste espaço para Honestino, um dos maiores brasileiros que este país já teve. Só falta agora um belo livro sobre este guerreiro.

Belo trabalho.

Fernando

Marcos Pereira

Procurei e não achei a informação de como e onde ele foi preso. Onde ele estava no momento da prisão? O que fazia? Para onde ia?

Wesley De França

Olá pessoal,sou ex aluno do Elefante Branco de Brasília e participei também do Grêmio Honestino Guimarães do Elefante.Gostaria de Parabenizar vocês pelo grande site,que mantem com grande honra a memória viva de honestino.Convido vocês para conhecer o Grêmio Honestino Guimarães através do Blog e do Orkut do mesmo:
Blog: http://a-tromba.blogspot.com/
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=12893012374547646780
Obrigado.

Rayanne Portugal

Escrevo para o Correio Braziliense, no caderno EU ESTUDANTE, e gostaria de falar sobre a tragetória da política estudantil iniciada por Honestino. Se for possível, gostaria de entrevistar Luiz Carlos Guimarães, o quanto antes, para poder incluir um depoimento na matéria que estou fazendo, relembrando os movimentos estudantis do Colégio Elefante Branco, de Brasília.

Betty Almeida

Caro Antônio Carlos,

Não consegui ver o vídeo inteiro. Mas obrigada por permitir divulgá-lo no site. Estou preparando, desde 2006 uma obra biográfica sobre o Honestino e gostaria muito de participar do seu trabalho.
Grande abraço,

Betty Almeida

Antônio Carlos Rocha da Silva Neto

Boa tarde! Recebi este site de uma amiga de turma, ela o fez pelo fato de eu ter feito meu trabalho final sobre o Honestino, inclusive o disponibilizei na internet, se for de interesse reproduzi-lo no site o link para assitir é: http://www.youtube.com/watch?v=wcXFCrDku-0
Eu e um amigo, jornalistas recém formados, temos interesse em preparar um documentário para divulgar, sobre o Honestino, o que achas da parceria?

C.

Eu conheço um amigo que desde criança tem sonhos estranhos, como se ele fosse algum comunista em plena ditadura. Ele se via em reuniões estudantis e até preso. Recentemente, ele me disse que caiu num site de nomes de desaparecidos e, ao ver o rosto de Honestino, sentiu algo dentro de si. Eu gostaria de entrar em contato com a família. Não sei se todos tem convicção espírita, mas esse rapaz sente que tem alguma ligação forte com Honestino.

abraço

betty

Caro Aldo,

O livro Honestino – o bom da amizade é a não-cobrança, de Maria Rosa Leite Monteiro, publicado em Brasília em 1988 pela Editora Casa da Anta, está praticamente esgotado, mas posso tentar conseguir um exemplar e mandar para você. Desde 2006 estou preparando uma outra obra, com o título Paixão de Honestino.

Aldo

Onde podemos achar o livro “Honestino” que foi escrito por sua mãe?

betty

Obrigada pelos comentários. Gostaria muito de conhecer seu poema e incluí-lo no site. Se quiser contar alguma história, seria ótimo, principalmente para o livro em preparação.
Beijos,

Betty Almeida

deodina olivia leite pereira de oliviera

Honestino sempre foi e será amado , pelos amigos e por nós que somos seus primos , o sangue fala . Meu pai Maceió é irmão de Maria Rosa , lutou muito pARA PROTEGER não somente Honestino, como Goiaz Leite (SEU AMIGO E PRIMO,meu irmão , foram presos juntos ) ainda Luiz Carlos , Norton , Sebastião e outros . Toda família sofreu , amou, lutou . Obrigado por não deixar esquecer a memória desde moço que foi apenas amor . Tenho um poema que fiz para ele , se interessar. Bjs. Bja.

betty

Obrigada pelo comentário, Marilia. A história do Gui faz parte de uma história maior e os que o amaram e compartilharam seus ideais não deixarão que seja esquecida.

Beijos,

Betty Almeida

Marilia Leite

Parabens pela divulgação desse blog,nossos amigos e parentes estavão precisando disso.Todos precisão saber dos nossos herois.bjos

betty

Betinho,

Obrigada pelo comentário. Seu projeto de fato é digno de ser seguido em todas as cidades do país.
Abraços fraternos,

Betty Almeida

BETINHO DUARTE

Caros amigos
Parabéns pelo blog. Estamos honrando os nossos companheiros mortos ou desaparaecidos. Fui de Ação Popular em 1967. Não tive muito contato com Honestino mas falamos muito sobre ele. Quando fui vereador em Belo Horizonte ( 1993/2004)apresentei projetos que depois de sancionados viram leis dando nomes de ruas atodos os mineiros, já falecidos, que lutaram contra a ditadura. Depois resgatei a história de cada um e editei o livro RUA VIVA. Sugiro que cada cidade faça o mesmo. A história está sendo esquecida. ” QUEM ESQUECE O PASSADO ESTÁ CONDENADO A REPETI-LO” Leon Bloy
Abraços e felicidades
BETINHO DUARTE
http://www.betinhoutopia.blogspot.com